Bem vindos!

Cozinhar - Hábito que vale a pena!

Vínculo emocional:
A relação do alimento com a vida social é muito presente. O alimento une as pessoas, aproxima um amigo, um familiar. Participar de refeições em conjunto, comemorar datas em torno de uma mesa, servir alimentos para visitas, tudo isso é importante para criar e aumentar os vínculos. O ato de cozinhar é uma forma de promover uma reunião com sua família durante a refeição. Conhecer mais da vida do outro, trocar informações, ouvir e falar favorece as relações familiares. Quando você prepara um jantar romântico, você tem a proposta de agradar o outro, cuidar, fazer um agrado. A pessoa amada percebe o gesto e isso fortalece o relacionamento.
Quem não se lembra do cheiro daquela canja que sua mãe preparava para você quando ficava doente? Ou daquele bolo de chocolate no fim de semana? São sensações que nunca esquecemos e que nos remete há um tempo bom de nossas vidas.



Mais saudável:
Se você prepara uma refeição, existe uma confiança maior em relação à higiene e a procedência dos ingredientes utilizados, isto proporciona uma forma de prevenção contra distúrbios alimentares e contaminação por microorganismos.
Os produtos industrializados têm uma grande quantidade de sódio, gordura, açúcar e aditivos alimentares, necessários para conservação. Quanto mais natural for a comida que você for preparar, menos sódio e aditivos ela terá.
Se você cozinha, pode escolher a forma de cocção das preparações e evitar o consumo de frituras, preferindo aos assados, grelhados e cozidos.
Temperos naturais e ervas aromáticas, são ótimos para dar sabor as preparações e são excelentes opções, quem se arrisca na cozinha e tem criatividade geralmente utiliza estas especiarias e cria delícias.


Uma terapia:
Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir.
Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas.



Um ato de amor:
O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida.
Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você.
Texto: Roberta dos Santos Silva/Nutricionista-chefe do programa Cyber Diet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário